09 0

Por  em Blog

escritorio-compartilhado

Trabalhar em um escritório compartilhado, com internet de alta velocidade e telefone e a opção de uma sala de reunião e atendimento diferenciado já é realidade nas grandes capitais do País. E cada vez mais, o número de clientes nos coworking, os “coworkers”, é maior. Em São Paulo, por exemplo, o número de coworkers do CWK Coworking aumentou em 15% nos últimos três meses. Para a proprietária do escritório, Paula Camanho, a principal razão para o incremento na procura é o maior conhecimento sobre os espaços. “Em 2010, quando os primeiros coworkings começaram a funcionar no País, poucos profissionais sabiam o que significava e ainda existia muita apreensão em relação a dividir um espaço. As pessoas reclamavam do barulho e de outros problemas. Hoje, profissionais de vários setores têm procurado os escritórios”, explica Paula.

Segundo pesquisa do Blog Movebla, já existem mais de 100 escritórios compartilhados espalhados pelas grandes capitais. E a tendência é crescer ainda mais. “Pela proposta de compartilhamento e pelos benefícios agregados, facilitando o trabalho do empreendedor e colaborando para a redução de gastos, acreditamos que o número cresça ainda mais”, acrescenta Paula.

Além da comodidade e da economia, os profissionais também procuram escritórios compartilhados para dar um verniz corporativo ao negócio. “É para tirar um pouco aquela ideia de que o seu negócio funciona na sua própria casa”, declara. O cliente tem a sua disposição armário com cadeado, cadeiras ergonômicas, café, chá, copa e cozinha, endereço para correspondência, espaço para eventos, fax, impressão/scanner, internet de até 10MBs, lounge, ramal telefônico com telefonista personalizada, atendendo ao telefone com o nome da empresa do cliente, sala de reunião e telefone particular.

Fonte: http://www.techlider.com.br/2013/04/cresce-a-procura-por-escritorios-compartilhados-no-brasil/

Leave a comment

* required