28 0

Por  em Blog

Aqui está uma lista de 10 coisas para ter em mente durante o ano e fazer o seu empreendimento dar certo.

O impulso para o empreendedorismo está explodindo. A palavra é uma tendência e eu temo que seja um modismo, uma vez que as pessoas querem ter o seu próprio negócio mas muitas vezes não estão dispostas a pagarem o preço.

A cada ano, mais e mais pessoas estão trabalhando em empresas e organizações destinadas a melhorar ou mudar o mundo com aquilo que produzem, sejam empreendimentos sociais ou não.

Ao olharmos para 2013 e com a expansão contínua do empreendedorismo aqui está uma pequena lista de resoluções que você precisa ter em mente se quiser fazer de 2013 um bom ano para o seu negócio

 diretrizes-empreendedorismo

Quais são as diretrizes do comportamento empreendedor que você precisa focar em 2013?

#1. Converse com seus usuários

Se você não está falando com os seus usuários, está fazendo tudo errado. Encontre formas de envolver seus clientes no seu programa, produto e design.

A única maneira de ser relevante para as pessoas é garantir que você está trabalhando em cima das realidades do seu público.

E, lembre-se que as necessidades das pessoas mudam com o tempo, e precisamos mudar e evoluir junto com elas.

#2. Olhe rio acima

Os desafios sociais, ambientais, tecnológicos que estamos tentando resolver muitas vezes são sintomas de sistemas insalubres.

Tente ir mais profundamente na sua busca pela solução do problema que você propõe.

O segredo e a chave não é resolver o problema, mas sim resolver o problema que está causando o problema. É justamente isso que vai manter qualquer empreendedor 2 passos á frente.

#3. Avalie

A verdade dói, mas conquista atenção de todos ao seu redor.

Encontre maneiras de obter feedback sobre o seu trabalho e sobre o seu desempenho na implementação do seu negócio.

Crie métricas que produzam dados significativos para a sua situação original e certifique-se de agir pró-ativamente sobre todas as suas descobertas e constatações.

#4. Comprometa-se com o impacto, não com o projeto

Todos nós tendemos a ter uma profunda ligação com o nosso trabalho. Mas o sucesso do projeto não depende da sua ligação com ele, mas sim com o impacto que ele vai causar.

É preciso se concentrar sobre o impacto de seu trabalho. Se isso significa refinar, mudar ou incendiar as coisas, faça o que precisa ser feito para que o seu propósito seja alcançado.

#5. Incorpore os afiliados

Os desafios que todo empreendedor enfrenta muitas vezes não pode ser solucionado com individualidade. O que faz de um empreendedor uma pessoa bem sucedida é a sua capacidade de abraçar o seu network e os empreendimentos complementares ao seu.

Identificar o ecossistema e encontrar maneiras de conectar projetos a seus esforços pode ser de grande valia na hora de colocar pra rodar o seu projeto.

A associação com outras pessoas, ideias e projetos ajuda a proteger a sua disposição enquanto as coisas vão sendo tecidas internamente.

#6. Cuide-se

Os seres humanos precisam de sono, luz do sol e exercícios físicos, além de uma alimentação balanceada para ter uma vida saudável.

Muitos empreendedores se esquecem disso e vão perdendo saúde ao longo de sua empreitada.

 empreendedorismo-e-saude

Lembre-se: sem um corpo saudável, não há empreendedor.

#7. Seja voluntário

A maioria dos empreendedores se trancam nos seus escritórios e se esquecem de olhar para os lados.

Muitas vezes as pessoas ao seu redor, próximo ao seu escritório, ou na sua cidade precisam de algo que você pode dar.

Encontre maneiras de conciliar o seu trabalho e as suas pretensões e ideias e doar uma parte do seu tempo para ajudar quem precisa de você. Seja voluntário em alguma causa.

Além disso, ao se conectar com outras pessoas de outras realidades e de diferentes você pode se conectar com o mundo lá fora de diversas maneiras.

Ajudar outras pessoas contribuindo com o que sabemos é uma forma de exercitar nosso egoísmo. Somos nós que sempre saímos ganhando.

#8. Corra algum risco

As diferenças entre as pessoas que realizam e as que não realizam, muitas vezes se resumem a esperar alguma chance cair do céu. Enquanto umas esperam chances, outras correm riscos.

Caminhe para o desconhecido com confiança que o caminho aparecerá durante a jornada. Você nunca saberá o caminho a menos que tente encontra-lo.

#9. Admita estar errado

O mundo é cheio de verdades incontestáveis e a sua verdade pode ser uma heresia para outra pessoa.

Em 2013, aceite mudar de opinião e aceite estar errado algumas vezes. Provavelmente, mudar a sua visão sobre algumas coisas pode ajudar a enxergar a solução do problema que você não conseguia resolver e parecia indecifrável.

#10. Invente algo

O mundo avança quando as pessoas criam coisas novas. Resolva fazer algo novo em 2013.

Escolha fazer algo que só poderia acontecer porque você tomou a atitude e fez. Siga o seu instinto e comportamento empreendedor, pois é a sua essência que vai guia-lo para fazer o que precisa ser feito.

Este texto foi inspirado pelo, “10 Resolution For Social Entrepreneurs In 2013” da FastCompany.

Enrico Cardoso – escreveu 121 posts no Jornal do Empreendedor.

Apaixonado por marketing e branding digital, Enrico Cardoso é profissional de storytelling e acredita que toda empresa tem uma única oportunidade de se transformar em uma grandemarca: contando histórias e cativando os consumidores com seus sonhos e pretensões.

Fonte: http://www.jornaldoempreendedor.com.br/destaques/inspiracao/10-resolucoes-para-os-empreendedores-em-2013?utm_source

Leave a comment

* required