14 0

Por  em Blog

googleventures01

Eu diria que 98% das pessoas que frequentam espaços de coworking estão interessadas em empreendedorismo ou estão empreendendo. O Google, creio eu, sabe disso e resolveu unir o útil ao compartilhável. Além de patrocinar startups dentro de seu programa Google Ventures, destina a elas um espaço físico dentro de sua sede no Vale do Silício, compartilhado com as demais empresas. É o Google Startup Lab.
É meio que um “apadrinhamento” do Google dando casa, comida e roupa lavada, como bem apontou o Diego Remus no Startupi. As empresas que entram no programa de investimentos do Google (que investe US$ 100 mi por ano em startups) podem optar pelo escritório compartilhado a 5 dólares por mês. Quase simbólico comparado aos custos de coworking, mesmo nos EUA onde é bem competitivo. E com benefícios como lazer (mesa de pingue pongue, cozinha e bicicletas) e estrutura de escritório grande.
Não é uma incubadora, é apenas um espaço físico à disposição das startups, e compartilhado. Se a natureza do coworking é trazer o empreendedorismo à tona, nada mais justo que o Google adotar o conceito de coworking em seu ecossistema de startups. O destino natural isso é mesmo um bypass: fica um tempo, aproveita o que tem de melhor no Vale do Silício e depois decola com as próprias asas.

Fonte: http://www.movebla.com/679/google-monta-escritorio-compartilhado-para-startups/

Leave a comment

* required